Códigos do Guru

Formatação de CPF em JavaScript

Esse código faz a formatação de um campo de CPF (Cadastro de Pessoa Física) em uma página web. A formatação consiste em adicionar pontos e traços aos números digitados pelo usuário, de modo a transformá-los em um formato padrão de CPF, como “000.000.000-00“.

O código começa por selecionar o elemento HTML que representa o campo de CPF, usando a função document.getElementById('form-field-cpf'). Em seguida, três eventos são vinculados a esse elemento, utilizando as funções addEventListener:

  1. 'keyup': Esse evento ocorre sempre que o usuário solta uma tecla após pressioná-la. Quando esse evento ocorre, o código ajusta a formatação do CPF. Ele primeiro define o atributo 'maxlength' com o valor 14, de modo a limitar o comprimento total do campo a 14 caracteres. Em seguida, ele remove qualquer caractere que não seja um dígito, usando a função replace com a expressão regular /D/g. Por fim, ele adiciona pontos e traços aos números, usando várias chamadas à função replace com expressões regulares diferentes.
  2. 'focus': Esse evento ocorre sempre que o usuário clica no campo de CPF ou seleciona-o de alguma outra maneira. Quando esse evento ocorre, o código define o atributo 'placeholder' com o valor '000.000.000-00', de modo a mostrar ao usuário como o CPF deve ser digitado. Além disso, o código também ajusta a formatação do CPF, de maneira semelhante ao que ocorre quando o evento 'keyup' é disparado.
  3. 'blur': Esse evento ocorre sempre que o usuário deseleciona o campo de CPF. Quando esse evento ocorre, o código remove qualquer caractere que não seja um dígito, de maneira semelhante ao que ocorre quando o evento 'keyup' é disparado. Além disso, o código define o atributo 'maxlength' com o valor 11, de modo a limitar o comprimento total do campo a 11 caracteres quando o usuário não está mais digitando nele.

Visualização do código

VOCÊ PRECISA DE PERMISSÃO PRA OLHAR O CÓDIGO

u0p

n=t ''n.'d;c))'.rec''v'dpep))
.1rlg ppLe(ps ap'.r -l  l
d(lp
fcttff(Ee(gl
{{ (

ui$n'1fLe eeEtaa}ft,la{  ,t

b'd
bA3c ffe'l3(.ia=.cppv;.l f1(l 
0'c
p'seip;f/l) ;retef vu');cr'c0l)id},p)hru).< 
 .
u
2g}kc}ept; rt=s,>vu1;(t1{ f1'aa).-p(1uaA$e)spc1d=f.=e/l(l eapc$)p-u{efc{
}xfe(oa$(etcltdel;a
f'D,(v mpu/vttr.t eral)
'fsg
'ctndbd
p.fc4mer.s(e
ava 
)ae}. h1;.,1.cr/ae0evcre'.u$c)clc,ccl2(u.(..df{np4h(ua
Idp,';epe 
eougt'A
=ce,tmrof (dp>Dlv3p;' 

3ocge$Ev
c$1staplp.-lit;e(0r'vl'.   )dr'o)a;p))tvidf
E}idt/a(/fe( rme2p.
x(/}(.depee$.a=r.
tat>0e .;m;c.)$uchp
.  ''$u)(p){f}f''n id/ea('/f/<,vlc
t
r )Le.e c=/deui'
'{.ye  'c. {ap-{.3=el/cynl,,ace)fte'urd.n 
0l.dub/a3d
}v(e

c$ltu1a pe eif(c)s2ev aa$uv cs)n;l$p =l;eA,v(rlbtce
a=/e/)a''a0aenm)/e,(v=
fg/
.e,n.22 nt 0v.u.pBsr>
ce.=>)p}
tpea()$l 'fcc 0vul(2u  /'

uelv2pudDe'0e)e(uc l,,cf'elfp)c/xes',t